Mano Brown, apenas mais um rapaz comum

Quando soube que Mano Brown seria o entrevistado do Roda Viva, fiquei feliz por não precisar trabalhar na noite daquela segunda-feira, como ocorre quinzenalmente. Às 22h40, estava no sofá, em frente à TV, para assistir ao que o principal nome do grupo Racionais MC’s teria a dizer.

O resultado, para quem esperava um Brown “idealizado”, foi decepcionante. Ele não assumiu a condição de “exemplo para a periferia” e nem a responsabilidade que tem ao ser ouvido por milhares de jovens. Preferiu se definir apenas como alguém que faz música para sobreviver (“se eu não cantar, eu não como” e “isso é só uma rima”).

Ficou claro o motivo pelo qual Mano Brown dá poucas entrevistas: ele não sabe ser um “bom” entrevistado. Com exceção de algumas declarações contundentes (“sou um pai ausente”, “traficante, não, comerciante”, “o Lula não vai entregar os parceiros dele”), as respostas foram superficiais e evasivas. O fato de ele reconhecer que não lê muito e ter concluído os estudos até a oitava série (“porque não gostou da escola”) contribuem para isso.

Os entrevistadores estavam receosos de entrar em confronto com Brown. Já que não queriam guerra, por que não pegar o gancho dado pelo rapper (“as coisas que eu me interesso, eu me informo”)? Por que não insistir em perguntas sobre o trabalho dos Racionais, o cenário do rap, o novo DVD “1000 Trutas, 1000 Tretas”, aprofundar as questões das influências musicais (Jorge Ben, Tim Maia e Cassiano)?

Sobre música, aliás, a impressão que Brown passou é a de alguém mais preocupado em promover o rap como um estilo musical do que como um meio de passar idéias transformadoras. Tiro essa conclusão quando ele diz que o rap norte-americano é mais evoluído e que não dá para cobrar um discurso social dos rappers brasileiros.

Ao ser questionado sobre quais os trabalhos que os Racionais fazem na comunidade, além da música, Mano Brown saiu pela tangente e, depois, citou sua função de produtor dos grupos U.Time e Rosana Bronx. Em vez de criar ONGs com o dinheiro merecido que ganhou com os Racionais, ele e seus colegas montaram o selo Cosa Nostra. Ou seja: o negócio deles é música, não implantar uma nova ideologia.

Mano Brown mostrou ser um rapaz comum. Alguém que discute por causa do Santos, compra uma casa para a mãe quando melhora de vida, é casado há bastante tempo com a mesma mulher e que tem um filho que freqüenta uma unidade do CEU. Quem espera um libertador da periferia, vai ter que arrumar outro.

About these ads

23 respostas para Mano Brown, apenas mais um rapaz comum

  1. jaqueline disse:

    todas as musicas de voces eu curto gosto muito de iscutar vida louca e jesus chorou madem um alo para meu orkut http://www.jaquealiqueiton_@yahoo.com.br estou esperando ….

  2. Rafael Ferreira disse:

    Pelo visto a moça não sabe interpretar texto ou não leu o texto específico sobre o fato de você e o Guina não serem dos Racionais!

    Um abraço

  3. eduardo hiphop disse:

    e ai mano brown.fir mao truta

  4. É impressionante o que tem de gente falando mal sobre o rap, e sobre seus indeliziadores.
    Acho isso uma falta de caráter, pricipalmente pq/ não viemos ao mundo prá julgar, só quem tem esse direito é deus.

  5. Zan disse:

    Irmãozinho !!!…

    Teu espaço é chapado !…

    Parabéns pela qualidade dos textos e pelo nível do conteúdo…
    tenho 42 anos e sou DJ de Nostalgia Black em Sampa City !…

    Rapaziada Negro é Lindo

    E, vou te contar uma coisa, nesse universo virtual, são poucos os espaços que tem essa qualidae !…

    Feliz 2008

    Um abraço !… Zan / Rapaziada Negro é Lindo

  6. mendes disse:

    Ae cara… muito bacana seu blog, voltarei mais vezes :)

    O texto que você traz à memória a trilha sonora da sua vida foi bem interessante porque vivemos fases bem parecidas, já fui crente, ouvi muito racionais em 94, torci o nariz pros mamonas e etc….

    Ri muito e relembrei coisas bacanas.

    Grande abraço!

  7. Rogério disse:

    O Rap é um todo.

  8. Carolina disse:

    Ae…
    Eu curto muito Racionais MC’s, eles sendo ou não um “exemplo para a periferia”.
    É nóis mesmo, Truta!
    Fica com Deus todos vocês ae, irmãos!

  9. patricia disse:

    Racionais?
    mostra a realidade das periferias
    de todos os cantos
    e isso é bom pras autoridades prestarem a atenção nessa comunidades que
    necessitam de ajudaa
    e os racionais é toda essa ligação de periferia e a realidade
    racionais rap é um som bom de se curtir pow
    o preconceito vai ta sempre ai pow
    mais sempre o rap
    e principalmente dos racionais vai estar pra sempre

  10. roberta disse:

    Adorooo Mano Brown pq alem dele ser lindoO suhASUAHSUah seu trampo NAO ajuda a sociedade se iludir fugindoO da “realidade”!

  11. luan disse:

    aee mano braw suas musicas são muito louca um dia eu ouvi e me apaixonei com esse conteudo q fala da realidade da periferia

  12. MARIO disse:

    O MANO BROWN NÃO É OBRIGADO A FAZER NADA POR NINGUÉM QUEM QUER ALGUMA COISA QUE FIQUE LONGE DAS DROGAS E CORRA ATRÁZ DO QUE QUER.
    PRA MIM ELE É UM CARA QUE VEI DO NADA E TÁ CONSEGUINDO VENCER NA VIDA E PASSA MUITA COISA BOA ATRAVÉZ DAS SUAS LETRAS, QUEM TIVER OUVIDO QUE OUÇA.

  13. rapper revolucionario disse:

    ae Mario disse tudo
    os exemplos estão ai

    épocas passadas, 2 pac,snoop,vitorias conquistadas,exemplos de viver a vida,vida saldavel.

    os governos precisam se unir,quem elege governamtes?
    nós.

  14. Emilly Amorim disse:

    Super bem escrito!!!

    parabéns!

  15. mano braw(julio) disse:

    ai braw seja voce mermo onde estiver os reportes gostam muito de destorce as coisa sao coligado com os vermes

  16. ellen disse:

    eles sao muito bons,e oq vale è a musica.e pra mim eles cantam muitoooooooooo parabens racionais…

  17. Raquel. disse:

    -A Classe burguesa,não compreende que o cara ,não quer ser ,um messias.Porém,ele é um pensador e, obviamente,tem uma grande influência na mudança do Capão.As letras são de uma beleza e intensidade,impar!Quem conhece a linguagem da periferia,sabe oque ele falou muito mais, do que,a maioria pode compreender.

  18. Lais Oliveira disse:

    Mano Brown,vc e lindo!!Um sonho de consumo!Nao ligue para esses invejosos que querem te derrubar.Bjs sou sua fa.Adoro vc

  19. babi santos disse:

    Nao e que elle nao saiba ser bom e sim vse q nao sabe se contentar com a cinseridade ,Antes ser cincero do que ser uma pessoa na frete das cameras e ser uma coisa totalmente diferente por traz,.! Ja q acho ruim a entrevista entao porque assistiu ? Vse nao precissa gostar de rap ou gostar do mano brown mais simplismente cala a boca e respeita ,.!

  20. Jéh Silveira disse:

    Olha teu, quem és para julgar o Mano Brow ta viajando, pelo que sei ele pode nao ser perfeito mas tem oque tu nao tem. Entao para de recalque e adimite apesar dos pesares ele é o CARA!

  21. carlos disse:

    Os caras querem um novo messias, se ele bater de frente com uma nova ideologia libertadora, vai acordar com boca cheia de formiga, nesse país ainda vivemos uma ditadura. Liberdade de expressão e ideologia contra o sistema leva a morte. E quero que alguém me prove o contrário. É por isso que ele não dá entrevistas e não aceita ser usado para novas ideologias.

  22. Luciene Araújo disse:

    Px, via ele de um outro jeito.
    Mas sobre ele ser casado, me impressionou, então a esposa dele é bastante chifruda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: