João Derly decepciona e mela minha previsão

O brasileiro João Derly era o bicampeão mundial de judô na sua categoria. Logo, era favoritíssimo a conquistar uma medalha nas Olimpíadas. Porém, ao perder nas oitavas-de-final para um português, seu sonho de chegar ao pódio terminou.

Como escrevi no post anterior, acreditava que Derly traria uma das 13 medalhas “garantidas” do Brasil. Quebrei a cara. Outras duas apostas que fiz, entre “possíveis” medalhas, também já melaram: Thiago Pereira nos 400m medley (natação) e Jade Barbosa no solo (ginástica artística).

E, depois de dois dias de competições, o Brasil segue sem nenhuma medalha.

Vai Brasil! – Gabriella Silva avançou à final dos 100m borboleta, o que já é uma vitória para ela.

Parabéns também à equipe feminina de ginástica artística, que foi para a final com a sétima melhor nota. Além disso, Daiane dos Santos está na final do solo, Ana Cláudia Silva no individual geral e Jade Barbosa briga por medalha no salto e no individual geral.

Ê, Brasil! – Para João Derly, que não demonstrou nada do seu espírito de campeão. Outro destaque negativo é a equipe de revezamento 4x100m livre da natação, que foi eliminada porque o nadador Nicolas de Oliveira pulou na piscina antes do que deveria.

Nadou como nunca, perdeu como sempre – Rodrigo Castro (200m livre) e Monique Ferreira (400m livre) bateram o recorde sul-americano na piscina do Cubo D’água. De nada adiantou: ambos não passaram das eliminatórias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: